top of page

Para começar!

Atualizado: 17 de dez. de 2021

Sejam bem-vindas para participar de nossas conversas. Tenho certeza que cada uma de vocês têm muito a me ensinar.

Muitas de minhas leitoras e amigas conhecem um pouco da minha história. Em respeito às novas leitoras, peço licença para fazer um breve resumo, pois isso é importante para entenderem o que vai acontecer neste espaço.


Vem comigo, este espaço é nosso!

Vamos compartilhar o que sabemos. Além de ser um ato amor, esse compartilhamento pode ajudar a melhorar o mundo.

Durante meus 39 anos de história como profissional da Educação, assim como os meus colegas de profissão, sempre me preocupei em fazer o melhor de mim. Para isso tive que estudar muito e o conhecimento assim adquirido me foi muito útil. No entanto, curiosa que sou, em paralelo à minha vida profissional dediquei e dedico grande parte do meu tempo à minha evolução pessoal. Percebi, com o tempo, que esse trabalho no campo pessoal melhorou muito meu desempenho profissional.


A força da Plena Atenção

Deixa eu explicar melhor: o meu trabalho de autoconhecimento passou, entre outras coisas, pelo desenvolvimento da minha atenção. Técnicas como a de Mindfulness foram primordiais para aumentar minha atenção em todos os momentos da minha vida. Meio sem querer, descobri que a atenção aumentada me ajudou no trabalho com o Ensino Especial, que foi uma das áreas de atuação. Na realidade, acho que posso falar sem medo de errar que esse fator foi muito importante para a melhoria do meu trabalho com alunos com autismo, TDAH e Altas Habilidades, dentre outros.


Da vida para a sala de aula

Mais tarde, percebi que o meu trabalho se tornou uma resultante de todos meus aprendizados, em todas as áreas da minha vida. Assim, tudo que eu aprendi nas áreas acadêmica, emocional, de relacionamentos e familiar eu apliquei no meu trabalho. E isso foi muito bom, pois ao fazer isso, meu trabalho sofreu um grande salto qualitativo.


Da sala de aula para a vida

Da mesma forma, a minha vida pessoal melhorou muito quando eu utilizei todos esses conhecimentos associados, usando minha intuição em todas as escolhas que se seguiram.


Bem-Estar Geral e Autoestima Elevada

Meus relacionamentos melhoraram quando aprendi a cuidar de mim.

A educação é uma campo muito vasto, então é natural que os profissionais dessa área busquem uma especialização. No meu caso, acabei me interessando pela qualidade da relação criança/cuidadora no universo da inclusão. Baseada na minha experiência pessoal, percebi que meu trabalho com os meus alunos e meus filhos só melhorou depois que eu, como cuidadora, melhorei depois que eu aprendi a cuidar da minha saúde física, emocional e mental. A partir dessa percepção, eu me aprofundei nessa linha de estudo, tanto na teoria quanto na prática.


Enfim, a aposentadoria

Desde o início da minha aposentadoria senti a necessidade de retribuir tudo que vivi e aprendi em minha vida. Decidi que a melhor forma de agradecer tudo isso seria através do compartilhamento da minha experiência.

Por isso, resolvi criar este espaço digital, para que ele funcione como um lugar em que amigas se encontrassem para conversar e trocar experiências sobre esse tema: como o bem estar da cuidadora/educadora influencia o trabalho de inclusão da criança na escola, na sociedade, no mundo.


Este espaço é nosso!


Sejam bem-vindas para participar de nossas conversas. Tenho certeza que cada uma de vocês têm muito a ensinar. Muitas de nós não têm ideia de quanto conhecimento útil possuímos.


Vamos compartilhar o que sabemos. Além de ser um ato amor, esse compartilhamento pode ajudar a melhorar o mundo.


Quem vem comigo?


#bemestar #mindfulness #autoestima #educação #autismo #tdah #altashabilidades #ensinoespecial #mães #professoras #mamãe


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page